Carregando...

"Meu coração está plantado neste solo"

Atualizado: Mai 15


A história de Padre Efraim


Padre Efraim Solano Rocha nasceu em Diogo de Vasconcelos - MG, próximo a cidade de Mariana - MG, no dia 24 de julho de 1921. Filho de Efraim Lázaro Rocha e Maria Gomes Rocha. Foi ordenado em Mariana, no dia 30 de novembro de 1947. Desde então, passou por vários municípios mineiros como Barão de Cocais, Barbacena, Urucânia, Viçosa e Nova Era. Fez curso primário no Grupo Escolar Dom Benevides. Fez humanidades no Seminário Menor de Nossa Senhora da Assunção, e Filosofia e Teologia no Seminário Maior de São José. Foram seus formadores os Padres Lazaristas de São Vicente de Paulo. Em 30 de novembro de 1947 ordenou-se Sacerdote pela imposição das mãos de Dom Helvécio Gomes de Oliveira. Foi pároco em diversas paróquias de Mariana e Itabira/Cel. Fabriciano. Foi professor no Seminário Menor de Mariana e no Colégio Arquidiocesano de Ouro Preto. Foi membro da Academia de Letras de Mariana e Ipatinga, cidade esta que reside.

AS DIFICULDADES EM IPATINGA Padre Efraim dizia que quando chegou a Ipatinga logo percebeu que o trabalho não seria fácil. A infraestrutura da cidade ainda caminhava para permitir que chegasse à atualidade com o nível de desenvolvimento. E lembrava que, quando construiu sua casa no Bairro Cidade Nobre, havia apenas mais três moradias nas proximidades. “O resto era só poeira e capim”, brincava. ​Padre Efraim lembrava que foram muitos aprendizados, e uma experiência humana sem igual, ao lidar com trabalhadores que vinham de toda parte para atuar na região. No resumo de seu histórico, o saudoso e exemplar Sacerdote foi capelão do Hospital Márcio Cunha, vice-diretor no colégio Artur Bernardes, atuou na extinta Guarda Mirim, ao lado do Tenente Osvaldo Machado, que era responsável pela banda de música e ministrava palestras para os internos da Fazenda Água Viva, no Forquilha. ​"MESMO APOSENTADO, O TRABALHO CONTINUAVA" ​Após ter se aposentado da função de sacerdote, Padre Efraim continuava celebrando Missas na Paróquia do Divino Espírito Santo, mais especificamente, na Comunidade Senhor do Bonfim. Embora seu estado de saúde não favorecia, este querido Sacerdote foi se superado a cada dia na missão de evangelizar os pequenos e incentivar os jovens que responderam ao chamado de Cristo.


Padre Efraim atuou como Diretor Espiritual de duas Comunidades de Vida Consagrada localizadas em Ipatinga, são elas: Amigos de Jesus e Deus Existe. Esta última homenageou o Sacerdote atribuindo seu nome ao Centro de Evangelização que atualmente é a sede da Comunidade e está localizado na cidade de Santana do Paraíso/MG.


EXEMPLO DE LUTA EM FAVOR DA VIDA ​“A Missa para mim é o próprio sacrifício de Jesus na cruz. Ela tem tanto valor quanto Jesus pregado na cruz. A Missa é de um valor infinito. A gente a celebra com muito amor. Quanto a adoração ao Santíssimo, o melhor caminho de conscientização é falar para as pessoas que devemos adorar o Santíssimo Sacramento, que é o Corpo, Sangue, Alma e Divindade, que a hóstia é Jesus. A Igreja sem a Eucaristia não é nada. Em todos estes anos de sacerdócio eu me realizei em todos os lugares que passei e agora estou servindo da maneira que posso sem compromissos fixos com paróquia.”, dizia Padre Efraim. ​Quando questionado sobre Celebrar a Santa Missa diariamente, Padre Efraim respondia: “Primeiro, é um prazer celebrar a Missa todos os dias. Segundo, é para o povo; nós somos padres para o povo e não para nós. O próprio Cristo disse: Ide pelo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura (Mc 16, 15). É um prêmio ver a igreja cheia, o povo todo rezando.”

Durante suas Missas, ele convidava incessantemente que todas as pessoas presentes intercedam em oração contra a aprovação da Lei do Aborto. Todos rezavam uma Ave-Maria para que houvesse a conscientização do poder público e que a Lei não fosse oficializada. Perguntado sobre o motivo de abraçar a causa, ele disse: “É preciso que lutemos contra a Lei, que vai contra um dos dez mandamentos, mas especificamente o quinto mandamento que diz: “Não matarás”. Pois já somos obrigados a conviver com a legalização do adultério em nosso país, por meio da aprovação da Lei do Divórcio”.

O CUMPRIMENTO DE SUA MISSÃO

Fiel devoto de Nossa Senhora, Padre Efraim faleceu no dia 13 de maio de 2020 por complicações causadas por uma pneumonia. O querido sacerdote cumpre sua missão aos 98 anos deixando muita saudade e um grande legado de Amor a jesus Cristo e Virgem Maria.

#PadreEfraim

35 visualizações
Comunidade Católica Deus Existe

Comunidade Deus Existe © 2009 - 2020 Todos os direitos reservados