Carregando...

Família: Base de uma sociedade


A preocupação da Igreja é proteger as famílias e orienta-las conforme a luz do Evangelho e da Doutrina mas infelizmente existe uma realidade! um pensamento de grupos a nível mundial para que a base da sociedade seja destruída. E como disse o Padre Paulo Ricardo “não se trata de "história da carochinha" ou "teoria da conspiração".


Existem, de verdade, movimentos ideologicamente comprometidos com a destruição da família. De Engels, no final do século XIX – para quem o casamento monogâmico não passa de uma "forma de escravização de um sexo pelo outro" [1] –, até as autoras feministas contemporâneas – como Kate Millett, que pede o fim de tabus como "a homossexualidade" e "as relações sexuais pré-matrimoniais e na adolescência", tendo em vista o desaparecimento da família [2]: são inúmeros os documentos que comprovam haver uma elite intelectual articulada para fazer sumir da face da terra a instituição familiar. Não é porque a Rede Globo ou os principais canais de notícias não reportam essas coisas, que elas deixam de ser verdadeiras. Levando em conta que é a própria mídia a promover certos hábitos e estilos de vida, facilmente se entende o porquê de seu silêncio”.

A Igreja está atenta a estas realidades e convocou este Sínodo, e sendo assim é dever de todos nós católicos rezarmos para este momento importantíssimo na vida da Igreja, para que o Espírito Santo que sempre a assistiu, oriente os Bispos e o Papa a tomarem as melhores decisões a luz da Doutrina imutável.

Encerro com as belíssimas palavras do Papa Francisco: “É o "sorriso de uma família" que pode vencer a desertificação das nossas cidades e "esta é a vitória do amor da família". Que nossas famílias possam vencer, e que continuem sendo a base da sociedade! Shalom!


Daiane Cristina Matos Consagrada da CCDE

Comunidade Católica Deus Existe

Comunidade Deus Existe © 2009 - 2020 Todos os direitos reservados