Carregando...

Colômbia: sacerdote se oferece ao Exército de Libertação Nacional (ELN) em troca de refém


Bogotá (RV) – Na Colômbia, o sacerdote jesuíta Francisco de Roux se ofereceu sexta-feira, 19 de agosto, ao Exército de Libertação Nacional (ELN) em ‘troca humanitária’ pela libertação do refém Odín Sanchez, irmão do governador do departamento de Chocó (costa pacífica) em cativeiro desde abril de 2016.

Divulgado vídeo do refém

A guerrilha divulgou quinta-feira (18/08) uma prova de vida de Odín, que foi feito refém em troca da libertação de seu irmão Patrocinio. No vídeo divulgado pelo grupo insurgente, Sánchez aparece nas selvas do Chocó, diante de uma mesa improvisada e uma bandeira do ELN, visivelmente abatido e escoltado por vários guerrilheiros fortemente armados, cumprimenta sua família e culpa o Estado por seu sequestro. Além disso, Sánchez diz que a Colômbia "precisa iniciar os diálogos de paz com o ELN" e assegura que isso "é urgente para que haja uma paz estável e duradoura".

Governo promete negociar temas 'humanitários'

O governo do Presidente Juan Manuel Santos anunciou no último dia 30 de março em Caracas que estabelecerá uma "fase pública" de negociações com o ELN, cujo início condicionou à solução de alguns "temas humanitários", entre eles o fim dos sequestros. Patrocinio Sánchez, ex-governador do departamento de Chocó, foi sequestrado em 2013 pelo ELN e voltou à liberdade no último dia 3 de abril após ser trocado por seu irmão Odín. Sacerdote fez oferecimento por Twitter Agora, o Padre De Roux propôs uma nova troca: “Digam aonde tenho que ir, tomem a minha liberdade e soltem-no”, escreveu o sacerdote em sua conta oficial no Twitter. Um irmão de Odín Sánchez contou que a família está desesperada porque não pode pagar os 3.000 milhões de pesos (925.000 euros) que o ELN exige para a libertação.

Governo não aceita a proposta

Padre De Roux é um destacado defensor dos direitos humanos das vítimas do conflito armado e colaborou para que o Governo e o ELN iniciassem diálogo de paz. O ex-governador se disse agradecido com a oferta de Padre De Roux, mas assegurou que o ELN é intransigente e não aceitará a proposta. Patrocinio convidou o Governo colombiano a negociar com a guerrilha a libertação de seu irmão e de todos os outros reféns que o grupo tem em seu poder. (CM-agências)

2 visualizações
Comunidade Católica Deus Existe

Comunidade Deus Existe © 2009 - 2020 Todos os direitos reservados