Carregando...

Papa a um grupo de pobres: rezai por quem não tem compaixão



O Papa Francisco recebeu na manhã desta quarta-feira dia 6 de julho um grupo de peregrinos pobres provenientes da Diocese de Lyon na França acompanhados pelo Cardeal Philippe Barbarin. Este grupo veio a Roma numa iniciativa da organização Amigos do padre Jospeh Wresinski por ocasião do centenário do nascimento deste sacerdote que dedicou a sua vida aos pobres.

O Santo Padre no pequeno discurso que lhes dirigiu afirmou estar muito contente por acolhê-los e também às pessoas que os acompanhavam. Francisco frisou o facto de Jesus ter querido partilhar com eles a sua condição: “fez-se por amor um de vós”, “desprezado pelos homens, esquecido, um que não conta nada” – afirmou.

“E a Igreja” – continuou o Papa – “que ama e prefere aquilo que Jesus amou e preferiu, não pode estar tranquila até que não tenha chegado a todos os que experimentam a recusa, a exclusão e que não contam para ninguém”.

Francisco sublinhou mesmo um pensamento pessoal dizendo que lhe ocorre pensar no “que pensavam as pessoas que viram Maria, José e Jesus pelas estradas, fugindo do Egito. Eles eram pobres, eram tribulados por causa das perseguições: mas ali estava Deus” – observou.

No final das suas breves palavras o Papa pediu às pessoas pobres ali presentes o seguinte: “Peço-vos também de rezar pelos culpados da vossa pobreza, para que se convertam” – disse Francisco que pediu também orações por aqueles que “não têm compaixão”. (RS)

Comunidade Católica Deus Existe

Comunidade Deus Existe © 2009 - 2020 Todos os direitos reservados