Carregando...

Angelus - Papa rezou com os fiéis pelas vitimas de Dacca e Bagdade



Caros irmãos e irmãs

Exprimo a minha proximidade aos familiares das vítimas e dos feridos do atentado ocorrido ontem em Dacca e também por aquele ocorridos em Bagdade. Rezemos juntos. Rezemos juntos por eles, pelos defundos e pedidmos ao Senhor para converter o coração dos violento, cegos pelo ódio.

Avé Maria...


Como é sabido o ataque terrorista num restaurante de Dacca, no Bangladesh provocou sexta-feira à noite 20 mortos, 18 dos quais estrangeiros, sobretudo italianos e japoneses. Em Bagdade pelo menos 75 pessoas perderam a vida num atentado suicida reivindicado pelo auto-proclamado Estado Islâmico. O ataque levado a cabo com um carro armadilhado atingiu o bairro comercial de Karrada, onde numerosos habitantes vão fazer compras para a festa do fim do ramadão que está previsto para o início da semana entrante.

No Bangladesh a primeira ministra Sheik Hasina proclamou dois dias de luto nacional a partir deste domingo e insistiu em declarar que os jihadistas, autores do atentado pertence a um grupo local e não ao dito Estado Islâmico que terá, todavia, reivindicado o atentado. Sheik Hasina exortou os extremistas a “cessarem de matar pessoas em nome da religião.

Num telegrama enviado ontem em nome do Papa às autoridades eclesiais e civis do Bangladesh, o Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin, manifestou tristeza pelas violências perpetradas contra vítimas inocentes e condenou esses actos barbáricos com uma ofensa a Deus e à humanidade. E confiando à misericórdia de Deus as vítimas mortais, o Papa assegurou, no telegrama as suas orações pelas famílias enlutadas e pelos feridos. (DA)

Comunidade Católica Deus Existe

Comunidade Deus Existe © 2009 - 2020 Todos os direitos reservados